Home / Curiosidades / Curiosidades Sobre o Pinguim

Curiosidades Sobre o Pinguim

O pinguim é uma ave, isso mesmo, uma ave. Apesar de não ser o padrão de uma ave, já que além de ser uma ave, é marinha, o pinguim é uma ave marinha, típica do pólo sul, principalmente da Antártida.

Estes animais vivem em bando ou em colônia e amigavelmente convivem com leões e elefantes marinhos. Também são amigáveis com seres humanos, desde que claro, seja recíproco, quando assim for, chegam a ser curiosos e acabam encantando qualquer um com o coração mole.

Ainda sobre sua vivência, geralmente vivem em temperaturas de sete até trinta graus celsius. Apesar de serem conhecidos por quase todo mundo como animais que vivem no frio, curiosamente não é assim para todos, inclusive para a maioria não, é assim apenas para quatro das dezessete espécies que existe de pinguins em todo o mundo.

O pinguim de Magalhães, por exemplo, vive em temperaturas de zero a vinte e oito graus celsius e quando em temperatura muito mais fria, não se adapta bem e corre risco de morte, podendo, claro, chegar a morrer de frio.

Pinguim-de-Magalhães
Pinguim-de-Magalhães

Para esses pinguins fugirem de temperaturas que não são adaptáveis para sua espécie, no inverno migram para outros países, podendo ser encontrados inclusive aqui no Brasil, em nossas praias, principalmente na Bahia.

Sabendo dessa informação, se você encontrar um pinguim em uma praia brasileira, não tente o ajudar achando que eles precisam de frio, pois assim você só estará judiando deles. Eles estão onde estão exatamente porque vieram atrás do calor e do sol das praias.

Que Pinguim Você Conhece?

O mais conhecido é o pinguim-imperador, possui uma coloração mista de preto na maior parte do corpo, com branco no peito, alguns chegam a ter algumas manchinhas amarelas, dando ainda mais charme a sua beleza em suas penas.

Mas a família spheniscidae (respectiva família do pinguim) é grande, além dessa espécie, existem muitas outras: o pinguim-de-barbicha, o nome já diz tudo, tem um risco em suas penas em um local que remete a uma barbicha, o pinguim-de-adélia, pinguim-gentoo, pinguim-africano, pinguim-das-galápagos, pinguim-de-magalhães, pinguim-de-humboldt.

Todos esses são preto e branco com algumas diferenças sutis em sua penagem. O pinguim-azul, como o nome também sugere, azul e branco com os olhos azuis, sendo o menor pinguim de todos eles, o pinguim-macaroni, também preto e branco mas bem característico, com seus olhos alaranjados e suas penas amarelas arrepiadas em cima da cabeça, tem uma “cara mais amarrada”, o que só engana, pois sabemos de sua personalidade, pinguim-saltador-da-rocha, também preto e branco, mais parecido com o último citado, tem os olhos mais puxados e penas amarelas arrepiadas que caem dos dois lados da cabeça, o pinguim-real, também preto e branco com alguns detalhes rosa e cabeça amarela, o pinguim-das-snares, preto e branco com seus olhos escondidos através de penas amarelas, pinguim-de-fiordland, bem parecido com o último citado, só que ao invés de penas amarelas são penas brancas, pinguim-de-olho-amarelo que o nome também já diz tudo, o pinguim-rei e o pinguim-imperador, muito parecidos e dentre eles o último é o mais conhecido, com a aparência mais comum.

Talvez o pinguim imperador seja a maior espécie de pinguim do mundo. Maior não só em número, mas em tamanho também, podendo chegar a medir um metro e vinte. Outra curiosidade sobre os mesmos, é quem são a única espécie que se reproduzem no inverno.

Sua Principais Características

Sua expectativa de vida é de vinte e cinco a trinta e dois anos. Apesar de serem aves e como o esperado, aves voam, no caso dos pinguins não, suas asas, como são aves marinhas, suas asas servem apenas como nadadeiras. É assim que eles migram de um país para outro quando necessário.

Suas penas são impermeabilizadas através de um óleo que secretam. Eles podem atingir a velocidade de quarenta quilômetros por hora nadando. Apesar da rapidez dentro da água, fora só andam, com passinhos lentos e desajeitados além de pulinhos, o que os deixam ainda mais fofos. Chega a ser engraçado a forma como andam caracteristicamente em grupos, vários atrapalhadinhos juntos fazendo passinhos iguais sem terem combinado.

São naturalmente barulhentos, o que em bandos, chega a lembrar o pátio de uma escola de ensino infantil no recreio. É também nadando que caçam sua própria alimentação. Os pinguins habitualmente se alimentam de peixes e camarões.

O Jogo da Conquista Para os Pinguins

Como as outras aves, os pinguins também colocam ovos na reprodução. O ciclo da fêmea é longo, o que dura cerca de dezoito meses. Colocam de um a dois ovos.

No jogo da conquista, o pinguim macho faz um som característico para atrair a fêmea. Para algumas espécies, o que também pode dar início ao cortejo é o macho dar um pedrinha (material que é utilizado na confecção do ninho) para a fêmea, se ela aceitar, dá-se início a formação do casal e a reprodução.

Passado essa fase, depois de postos o(s) ovo(s), o macho é quem cuida do(s) ovo(s) até eles se chocar(em), o que leva de cinco a seis semanas. Nesse período, a fêmea é quem vai atrás do alimento através da caça para o(s) novo(s) pinguinzinho(s) e após alimentada com os peixes e/ou camarões, únicos meios de alimentação durante toda a vida, volta para a família. Ainda como forma de alimentarem seu(s) filho(s), os pais, tanto macho como fêmea, regurgitam os peixes que já comeram de bico para bico. Com cerca de dois meses o filhote já tem o tamanho de um adulto, o que o diferencia é a sua penagem, que ainda é marrom e vai ganhar as cores características com o tempo.

Pinguins Podem Atrair o Parceiro(a) Mas Isso não é Habitual

Uma característica comum da maioria das aves é ser fiel e leal a um(a) parceiro(a) durante toda a vida. Quando já tem o seu par, a fêmea se isola de exibições e o macho dos cantos, atos usados para formar casais e se reproduzirem.

Durante o inverno, durante nove meses, como meio de sobrevivência, eles acabam se separando, se perdendo mas podem acabar se reencontrando através da dança. Outro fato curioso é que se um dos pinguins que formam o casal trai o parceiro(a), quando descobrir, o pinguim traído pode se meter em briga com o amante e até se machucarem e feio. Isso também pode acontecer na competição de tentativa de formação de casal para reprodução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *