Home / Curiosidades / Doença De Chagas Tem Cura?

Doença De Chagas Tem Cura?

A doença de chagas é uma doença especialmente do continente americano, sendo encontrado na América do Sul e na América Central. Locais onde é possível encontrar o seu agente causador o inseto triatomíneo que transmite ao homem o parasita T. cruzi. De nome difícil o triatomíneo é a designação do inseto barbeiro.

Se você já ouviu falar desta doença certamente deve imaginar a sua gravidade, então, aí vem a pergunta. Doença de chagas tem cura?

Traremos essa questão logo no início do nosso post de hoje.

Doença De Chagas - Barbeiro
Doença De Chagas – Barbeiro

A Cura Para A Doença De Chagas

A doença de chagas tem cura, contudo o tratamento deve ser orientado rigorosamente por um profissional da área da saúde, isso porque a medicação apresenta inúmeros efeitos colaterais que necessitam de monitoramento.

Com relação a cura é preciso destacarmos que quanto mais cedo a patologia for diagnosticada mais chances o tratamento apresenta de funcionar. Mas afinal como vem a ser o tratamento da chagas? E o que acontece se não for tratado?

Bom, como a doença pode não apresentar sintomas é possível que o infectado só se dê conta do problema quando os primeiros sintomas aparecerem, o que pode ocorrer até trinta anos depois do contato ou exposição ao parasita, dificultando o rápido diagnóstico e muitas vezes o sucesso no tratamento medicamentoso.

No quesito tratamento medicamentoso no caso da doença em fase aguda, aquela de cedo diagnóstico pode ser tratado com antiparasitários que tem como premissa, como o nome da a entender, eliminar o parasita causador da doença, neste caso livrando o paciente.

Doença De Chagas Tem Cura
Doença De Chagas Tem Cura

No caso da doença em fase crônica as frentes de atuação no tratamento são a de minimizar os sintomas como a degeneração do coração e em outros órgãos em  que os parasitas podem ter se instalado.

Para sérias degenerações principalmente no coração o tratamento adotado pelos profissionais pode ser similar ao tratamento de insuficiência cardíaca.

Também é possível que de acordo com o grau das degenerações seja necessário um transplante do órgão em questão.

Antes de continuarmos recomendamos que você em hipótese alguma faça a automedicação, somente um médico habilitado e de sua confiança poderá prescrever o melhor remédio para o seu caso, bem como a posologia e o tempo de duração estimado para o tratamento.

Vale ressaltar aqui que os antiparasitários podem provocar indesejáveis efeitos colaterais. Agora que você já sabe que a doença de chagas tem cura, falaremos um pouco mais sobre suas características.

Você Disse Chagas?

A doença de chagas pode não ser muito conhecida mas é uma patologia clínica grave que se não tratada pode levar a morte.

A doença de chagas é contraída pelo contato com o protozoário Trypanosoma cruzi, ou apenas T. cruzi como mencionamos no início. Comumente o responsável por transmiti-la a nós seres é o inseto barbeiro por meio de suas fezes, mas há várias formas de contrair a doença que se apresenta com duas fases, a fase aguda e a fase crônica.

Na fase aguda, considerada a mais leve, o infectado pode até mesmo não apresentar sintoma algum, sendo a doença assintomática. No caso da fase crônica, é possível que a mesma seja classificada como indeterminada, digestiva, cardíaca e cardiodigestiva.

Agora que conhecemos um pouco mais da doença de chagas vamos aos formas de contagio. A patologia clínica pode ser contraída de diversas maneiras, dentre elas de modo oral, vertical, transfuncional.

Vamos a cada um deles:

Modo oral: contaminação por meio da ingestão de alimentos infectados pelo parasita.

Contaminação de modo vertical: embora o nome não faça muita associação com a forma como é contraída, a contaminação de modo vertical é fácil de ser compreendida. Consiste na transmissão da doença, entre mamãe e bebê.

Transfuncional: de nome difícil, essa forma de infecção é resultado do transplante de órgãos afetados pelo T. cruzi. No caso da transmissão transfuncional também é possível contrair a doença por meio da transfusão de sangue infectado.

Vetorial: a contração da doença por meio vetorial é o mais conhecido de todos. Quando falamos de modo vetorial estamos falando do contato direto com as fezes de barbeiros infectados pelo protozoário.

Acidental: como o nome dá a entender, quando mencionado o contagio por meio acidental falamos do contato de feridas e mucosas com material infectado.

Tempo De Incubação

O tempo de incubação nada mais é do que o tempo necessário para que os primeiros sintomas comecem a aparecer depois do contato com o agente causador, nesta situação, o parasita.

Na doença de chagas o tempo de incubação varia de acordo com o modo de contaminação. Ou seja, de modo oral apresenta um tempo diferente do modo vertical, por exemplo. Mas vamos aos detalhes de cada uma delas.

Na transfuncional os primeiros sintomas podem levar até quarenta dias para se manifestar. Para a transmissão vetorial o tempo cai para cerca de até quinze dias. Na transmissão oral e acidental o tempo máximo fica em torno de vinte dias.

Doença de Chagas Incubação
Doença de Chagas Incubação

Ações Preventivas E Curiosidades

A melhor maneira de combater a doença de chagas é certamente evitar a proliferação do seu hospedeiro, o barbeiro. Para isso recomendamos que você invista na aplicação de inseticidas residuais com equipe especializada e habilitada para o trabalho. Para exposição a áreas de risco como matas e principalmente a noite utilize mangas longas sempre que possível e não dispense o uso do repelente. Em casa a aplicação de mosqueteiros em eventuais portas de entrada para este inseto são ótimas opções também.

Após um intensivo programa de combate a transmissão por meio vetorial (principal forma de propagação da doença na época) adotados desde 1970, o Brasil recebeu a certificação de interrupção  do contagio por meio do Triatoma infestans, entretanto, estima-se que cerca de doze milhões de pessoas no continente americano estão infectadas com a doença. Deste número cerca de um milhão está no Brasil.

Os Sintomas

Dissemos que muitas vezes a doença de chagas é assintomática, ou seja, não apresenta sintomas. Todavia quando se manifestam costumam ser sintomas com a febre prolongada (febre por mais de sete dias deve ser vista com atenção) mal estar, incomodo, fraqueza nas pernas e inchaço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *