Home / Informações / Características Ave Pintassilgo Mineiro

Características Ave Pintassilgo Mineiro

Parte da maior ordem de aves, a passeriforme, mais da metade de todas as aves existentes no mundo todo, cerca de seis mil espécies, entre elas temos os pintassilgos, que são muitos.

São tão diversificados em formas e cores que foi necessário dividir em subespécies e entre elas está ele, de nome científico spinos magellanica, o pintassilgo mineiro, também é conhecido como pintassilva e pintassilgo de cabeça preta.

Com sua face, cabeça e olhos pretos, peito e costas amarelo vivo, asas pretas e amarelas e bicos e pés preto fosco, se encontra por praticamente todo o Brasil na nossa rica flora e fauna, com sua beleza exuberante, com exceção somente do nordeste e Amazônia.

Esse lindo pássaro citado com suas belas características é o macho dessa subespécie, de fácil identificação, pois esse pássaro possui diformismo sexual, ou seja, macho e fêmea possuem diferenças em suas características pelo sexo.

A fêmea é toda amarela, com as asas mais amarelas do que suas manchas pretas e bicos e pés rosados. Com o filhote de pintassilgo mineiro não é diferente, fácil diferenciar, com a única diferença na sua cabeça e face que ainda não são totalmente pretas, é manchada com pintas pretas e amarelas.

Podem ser facilmente reconhecidos na primavera cantando pela sua aparência característica em árvores, plantações, postes, telhados e antenas.

Menor do que algumas subespécies de pintassilgos, é de porte pequeno, mede somente onze centímetros de comprimento. Quando em criatório, cruzando com o famoso canário do reino nasce o pintagol, um híbrido muito procurado por criadores e amantes de pássaros pelo seu canto mas que não deve ser confundido com o puro.

Seu habitat natural vivendo de forma selvagem é nas árvores e plantações, podendo se diversificar tanto quanto nas diversas cores das subespécies de pintassilgos. Quando em reprodução é nas mesmas plantas e árvores que vivem que a fêmea fará engenhosamente seu ninho e colocará seus ovos de seus mais novos filhotes. O ninho é em forma de cesta ou tigela, sem forro, bem prático com tamanho suficiente e necessário para ela e os filhos.

Características Ave Pintassilgo Mineiro: Sua Reprodução

Quando atinge a maturidade sexual com cerca de dez meses de idade, o período de reprodução anual desses pássaros é entre a primavera e o verão e têm a capacidade de reproduzir de duas a quatro vezes por período anual.

Quando acasalam e reproduzem, a fêmea põe de três a cinco ovos e a incubação dura cerca de treze dias até o ovo eclodir e o novo mineirinho nascer. A incubação é feita pela fêmea, enquanto o macho a alimenta.

Os ovos são proporcionais ao de uma ave de pequeno porte, com cerca de dezesseis a doze milímetros, brancos e azuis celestes, também podem ter alguns casos de umas pintinhas pardas. Nessa fase da vida os pássaros são totalmente dependentes dos pais que por característica comum da maioria das aves, são cuidadosos e atenciosos.

Com aproximadamente trinta e cinco e quarenta dias de idade já se têm desenvolvimento para se juntar ao bando que os seus progenitores também vão voltar a viver. No inverno, quando não em reprodução, os pais vivem em bandos consideráveis, mas no período de reprodução são totalmente voltados a família, depois dos filhotes independentes voltam ao comportamento em sociedade.

Características Ave Pintassilgo Mineiro: Alimentação

Por ser um passeriforme da família fringillidae, ou seja, pássaros ou passarinhos popularmente conhecidos que se alimentam de sementes, com ele claro que não é diferente. Se alimenta de sementes de flores e pequenos frutos secos e duros.

Pintassilgo Mineiro Pode Imitar Outras Aves

Além da sua aparência característica e inconfundível, seu canto também recebem os mesmos adjetivos. Mas além de cantar de forma muito bonita que encanta amantes de pássaros ou não, têm outras habilidades.

Estes pássaros podem também imitar os cantos de outros pássaros. E esse cantar todo não é só parado não, em voo também. Se você gosta de cantar embaixo do chuveiro, imagina se esse pintassilgo espertinho não ia se divertir mais voando cantando.

Estão Ameaçados de Extinção

O pintassilgo mineiro assim como a tantas outras aves no Brasil, são vítimas do comércio clandestino de aves silvestres e infelizmente, devido a esse fato, se tornou uma ave rara, somente por esse motivo. Pois, de predador esse agora raro pássaro têm somente o quiriquiri, o que não tornaria a extinção ameaçada por predação nem por falta de habitat já que são bem flexíveis e adaptáveis quanto a diversos e ricos habitats por toda sua região de vivência.

Para Saber Antes de Começar a Criar Pássaros

No Brasil se tornou cultural criar aves e pássaros em gaiolas, é comum passearmos pelas ruas e sempre vermos gaiolas nas casas ou conhecer pessoas que tenham.

O problema é que além de tirar o pássaro do seu habitat natural interferindo no seu bem estar e saúde, estamos interferindo na população de determinada espécie.

O Ibama é uma forma de controlar e preservar as espécies e fazer com que essas criações sejam mais responsáveis. Por isso ao pensar em começar a criar pássaros, tenha conhecimento sobre o que tem que fazer para que faça seu papel na natureza de ser humano consciente diante de outras espécies de animais e se planeje, para se chegar a conclusão de criar, criar da forma mais correta possível.

Criar passeriformes ou animais silvestres em geral em cativeiro sem a autorização do Ibama é crime, que pode gerar multa e até prisão.

Caso você encontre um pássaro vulnerável o mais correto é cuidar e devolver ele a seu habitat natural quando curado.

Diante de qualquer circunstância manter animal silvestre em cativeiro sem autorização do Ibama é crime e assim sendo, se processado ou descoberto, pode gerar as consequências graves.

Antes de criar uma ave silvestre comercialmente, de forma amadora ou de forma a querer preservar espécies é necessário se cadastrar no Sispass, para todos esses casos existe uma portaria que regulariza sua atividade, além de assim, o Ibama ter controle sob a preservação das espécies, controlando uma possível extinção das mesmas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *