Home / Informações / Características Da Vaca E Nome Científico

Características Da Vaca E Nome Científico

A vaca é um animal que todos nós julgamos conhecer mas dificilmente conseguiríamos descrever muitas de suas características além de “produtora de leite”.

Mas hoje falaremos um pouco das características e peculiaridades deste animal para você.

Características da Vaca
Características da Vaca

O Nome Dela é Bos Taurus

O nome científico da vaca é Bos Taurus, ela é a fêmea do boi, e a sua produção se destina basicamente a produção de leite e posteriormente os seus derivados.

O boi, como macho da vaca é criado para o abate, para o mercado do corte. É um animal castrado e por isso recebe este nome. O macho da vaca não castrado é denominado de touro e é utilizado no mercado de sêmen. O mercado de venda de sêmen é uma opção muito viável, isso porque a inseminação artificial tem sido muito procurada por criadores como uma forma de otimização do seu rebanho. Com um rebanho otimizado o criador tende a aumentar significativamente a sua produção em pouco tempo.

Bom dada as devidas apresentações, a vaca, assim como o boi também tem variação de nome, embora quase ninguém saiba disso. A vaca antes da primeira lactação (nascimento do primeiro bezerro) recebe o nome de novilha, a denominação vaca vem apenas após o nascimento do primeiro bezerro.

A Vaca: Um Grande Mamífero Ruminante

Com certeza a característica mais conhecida da vaca é o fato de ser um animal ruminante. Embora talvez o conceito seja desconhecido possivelmente você já deve ter visto na prática parte do que vem a ser ruminante. A vaca muitas vezes é vista sempre mastigando. O que ninguém sabe é que quando a vaca está mastigando essa mastigação é de um alimento consumido horas antes. Mas não se preocupe. Vamos com calma.

A vaca possuiu quatro ramificações do estômago que atuam de forma diferente no processo de digestão. São eles, o rúmen, o retículo, o omaso e o abomaso. Assim que faz a ingestão de algo (as vacas são animais excepcionalmente herbívoros, assim sendo se alimentam exclusivamente de vegetais. Entre os principais componentes de sua alimentação temos o feno e a grama) o alimento cai em uma das cavidades do seu peculiar sistema digestivo. Esse alimento foi ingerido diretamente sem ser mastigado, algumas horas depois, em um processo de regurgitação a vaca volta para a boca o que foi consumido e dessa vez realiza a mastigação do alimento.

É interessante pensarmos na digestão da vaca em relação ao que ela consome e ao que produz, neste caso o leite. A vaca apresenta uma alimentação extremamente pobre (ração, grama e feno) e é capaz de manter um porte avantajado e produzir uma quantidade considerável de leite. Para se ter uma ideia há vacas que podem produzir até vinte litros de leite em apenas um dia. Isso acontece porque embora a alimentação da vaca seja algo aparentemente pobre este animal é capaz de tirar o máximo de nutrientes disponíveis justamente por conta de seu complexo sistema digestivo.

A primeira parte do seu estômago consiste no rúmen e no retículo que é o responsável pelo processo grosso de digestão. Nesse dois há uma infinidade de bactérias, protozoários e fungos que auxiliam no processo digestivo. Após a passagem pelo rúmen e pelo retículo o alimento vai para o omasso e abomaso onde há a absorção de ácidos graxos mais pesados e secreção de enzimas além da absorção de vitaminas e minerais.

A Vaca Quanto Suas Características Físicas

Como é possível presumir a vaca é um mamífero de porte médio, podendo chegar a estatura de um metro e cinquenta centímetros. Contudo, há registro de uma vaca norte americana que entrou para o Guiness Book com incríveis um metro e noventa e três centímetros.  Excepcionalidades a parte este animal pode chegar a pesar cerca de oitocentos e cinquenta quilos.

Vaca Animal
Vaca Animal

Apresentam pelagem curta e uma cauda de tamanho considerável.

A vaca se torna apta para a produção de leite após o nascimento do seu primeiro filho, entrando assim em período de lactação. Todavia é possível manter a vaca continuamente produzindo leite por meio do estímulo da ordenha, seja ela manual ou automatizada.

Ainda sobre as suas características físicas, a vaca é um bovino doméstico que apresenta os chamados cascos com apenas dois dedos. Estes dois cascos são denominados de dígitos.

 

A Vaca Na Indústria

Na indústria os bovinos são divididos em dois grandes grupos ao qual se destina a sua produção. Uma delas é a produção de cabeças de gado para o abate e consumo de sua carne e o outro é o nicho de produção de vacas leiteiras para a comercialização de seu leite.

Quando pensamos no empreendedor, as cabeças de gado para o mercado da carne possui uma rentabilidade mais rápido do que as de vacas leiteiras, lembrando que a vaca só começa o seu processo de produção de leite com o nascimento do seu primeiro bezerro. Assim sendo, é preciso que a vaca tenha condições físicas adequadas e pleno desenvolvimento para que possa ser fecundada seja por meio de monta livre seja por meio de monta dirigida ou inseminação artificial. Isso tudo demanda um tempo do criador, tempo este que é minimizado com a produção de cabeças de gado.

Um Pouco Mais Sobre

A vaca possui uma alimentação que poderíamos dizer que é um tanto quanto pobre. E de fato é, feno e grama são alimentos que de certa forma podem ser chamados de nutricionalmente pobres. Se não fosse o complexo e super dividido estômago deste animal não seria possível aproveitar todas as características nutricionais dos alimentos ingeridos. Uma interessante curiosidade é quanto a vaca pode chegar a consumir em apenas um único dia. A depender da raça e das condições do animal é possível que faça a ingestão de cerca de quarenta e cinco quilos de comida. Em contrapartida a produção de leite de algumas vacas também é bem elevado. Há vacas que podem produzir até vinte litros de leite diariamente mas é preciso destacar que o porte da vaca não interfere diretamente em maior ou menor produção.

Uma curiosidade um tanto quanto nojenta da vaca que muita gente desconhece é que após o nascimento do bezerro a vaca come a própria placenta. Haja estômago!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *