Home / Informações / Características do Camelo

Características do Camelo

O camelo é um animal que surpreende pela sua capacidade de sobrevivência. Usualmente confundido com dromedário, o camelo possui uma competência excepcional de sobreviver com pouca água, pode encontrar comida onde ninguém mais pode, suporta calor e frio extremos e, como se não bastasse, ainda convive civilizadamente com humanos há milhares de anos.

Confira as principais características desse animal tão especial, que continua, até os dias atuais, o melhor aliado para quem vive em locais quentes onde a água é escassa.

Características do Camelo
Características do Camelo

Características Gerais

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Artiodactyla
Família: Camelidae
Gênero: Camelus

O camelo (Camelus ferus), é um mamífero nativo da Ásia Central, sendo encontrado, na forma selvagem, apenas no deserto de Gobi, em pequena quantidade. Em relação ao seu estado selvagem, há divergência entre os naturalistas, visto que alguns consideram que não se trata de exemplares autenticamente selvagens, mas descentes de animais que, no passado, foram domesticados, mas acabaram retornando ao seu estágio selvagem.

Curiosidades de Camelo
Curiosidades de Camelo

Apesar de ser usualmente confundido com o dromedário, o camelo possui três características físicas diferentes e bem evidentes: o número de corcovas, a altura e o tipo de pelo. O camelo possui duas corcovas, patas mais curtas e pelos longos e vistosos, principalmente na coxas, garupa e cabeça, chegando a encostar no chão durante o inverno.

Ademais, o camelo possui um longo pescoço com cabeça pequena e um grande porte, podendo chegar a pesar até 900 quilos. Pode chegar a medir dois metros de altura e não possui casco, apenas dois dedos em cada pata, com longas unhas e a sola achatada.

Quando completa cinco anos, atinge a maturidade sexual. A gestação do camelo dura em torno de onze meses, dando origem apenas a um filhote. Possui uma expectativa de vida em torno de 50 anos, podendo atingir até os 60 anos.

Domesticação do Camelo

Devido a sua grande resistência física, o camelo foi domesticado a milhares de anos. Com capacidade de andar até 16 horas sem parar, mesmo sem beber água ou comer, o camelo suporta carregar até 200 kg por uma distância de 40 km, em um único dia. Isso sempre fez dele um aliado perfeito para o transporte de cargas e essa função sobrevive até os dias atuais. Modernamente, o camelo domesticado é encontrado nos mais diversos continentes, como Ásia, África, América e Oceania.

Domesticação do Camelo
Domesticação do Camelo

 

Desde de sua domesticação até os dias atuais, seu leite e carne têm sido utilizados na alimentação e sua pelagem na fabricação de roupas e tendas.

Com personalidade dócil e calma, o camelo é muito obediente ao seu líder. Não oferece nenhuma resistência ao ser arreado, se curva para facilitar que seja montado, para sozinho se seu líder também parar ou quando percebe que a carga que carrega pode cair. O fato curioso é que sua obediência é sem precedente, ou seja, sempre fez parte da sua natureza.

Resistência às condições climáticas adversas

Resistência Climática do Camelo
Resistência Climática do Camelo

Em condições climáticas adversas, muitos animais não sobreviveriam, mas o camelo consegue suportar, sem qualquer dano, mudanças climáticas que vão desde -29ºC no inverno até 50°C durante o verão.

Sobrevivência com longos períodos sem água

Camelo Bebendo Água
Camelo Bebendo Água

Dentre todas as características do camelo, sem dúvida a mais conhecida é sua capacidade de permanecer longos períodos sem beber água. A temperatura interna do camelo pode chegar a 42ºC e ele suporta perder 40% de água no corpo, sem qualquer perigo ou sintoma associado a desidratação. Isso ocorre graças à forma oval dos glóbulos vermelhos desse animal.

O período que o camelo fica sem beber água pode variar de acordo com vários fatores como a temperatura externa, acesso a comida ou esforço físico. Em condições normais, os camelos podem ficar até 10 dias sem beber água, em dias de intenso calor até 5 dias e nos dias mais frios do inverno, chegam a ficar meses.

Camelo Tomando Água
Camelo Tomando Água

Mas atenção, o fato de não beber água não significa que o organismo não a receba. Na verdade, um dos grandes segredos do camelo é que eles obtêm água através do consumo de plantas. Ademais, quando tem acesso à água, o animal pode ingerir de uma única vez entre 100 e 170 litros, dependendo do seu tamanho. Dessa forma ele hidrata totalmente o corpo e está preparado para aguentar novamente a abstinência da água.

O camelo usa de muitas artimanhas para economizar a água presente em seu organismo, graças a particularidades do seu corpo. O interior de suas narinas possui um formato de cone, com a função de evitar a entrada de impurezas durante as tempestades de areia no deserto, o que ajuda na preservação da umidade. Também tem uma proteção natural contra o calor e raios solares, já que sua corcova é revestida de uma densa penugem, evitando, dessa forma, o excesso de transpiração. É tão econômico com a água que possui, que sua urina é extremamente espessa e as fezes muito secas.

Alimentação e a função da corcova do Camelo

Durante muito tempo acreditou-se que as corcovas do camelo armazenavam a água e, portanto, ele era tão resistente a abstinência da mesma. Hoje sabemos que isso não ocorre. Na verdade, a corcova serve para armazenar uma espessa camada de gordura, que pode chegar a pesar 35kg.

Corcova do Camelo
Corcova do Camelo

A corcova tem uma função muito importante na vida do camelo, uma vez que a gordura armazenada possui nutrientes fundamentais para a sobrevivência do animal em períodos de escassez de comida. A quantidade de energia presente na corcova é o equivalente a três semanas de alimentação.

Alimentação do Camelo
Alimentação do Camelo

O camelo é um animal herbívoro, com sua alimentação baseada em ervas, capins e partes da árvore. Apesar dessa preferência, eles comem de praticamente tudo de origem vegetal, incluindo os cactos. O interior de sua boca é formado por um grosso revestimento, que impede a penetração de espinho ou outras coisas indesejadas.

Como perceberam, o camelo é um ótimo exemplo de adaptação da vida ao seu meio-ambiente e suas peculiaridades são fundamentais para sua sobrevivência. Se tiver alguma dúvida ou informação para compartilhar conosco, não esqueça de deixar seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *