Home / Informações / Pássaro Mutum da Amazônia Com Fotos

Pássaro Mutum da Amazônia Com Fotos

Você conhece o pássaro Mutum? É uma linda ave que pode ser encontrada no Brasil e em outros países da América do Sul como a Venezuela, Colômbia e Guiana. Ela é uma espécie de ave da família Cracidae e pertence à ordem Galliforme.

A família Cracidae é muito fascinante, pois é considerada uma das mais antigas da América do Sul. Sendo que os fósseis mais antigos no Brasil datam do Pleistoceno que era o período que ocorreu cerca de 1,8 a 11 milhões de anos atrás!

Já o fóssil mais antigo da família Cracidae data de 36 a 55 milhões de anos atrás, do período Eoceno. Os membros da família Cracidae apresentam características semelhantes, mas existem quatro formas distintas. Estas formas são conhecidas como Mutuns, Jacutingas, Aracuãs e Jacus.

Mutum da Amazônia
Mutum da Amazônia

Estas aves apresentam uma intumescência  na maxila com cores bem vibrantes. E têm na cabeça uma crista ou penacho bastante peculiar, principalmente os Mutuns. Eles possuem um topete bastante distinto, um pouco encaracolado.

As aves da Amazônia e da Fauna Brasileira causam muita fascinação em pesquisadores e observadores de pássaros do mundo todo. No entanto, o Mutum e outras aves sofrem demais com a falta de consciência ambiental de alguns seres humanos que causam a degradação do meio ambiente, com o desmatamento e com a caça ilegal.

Algumas espécies de Mutum estão próximas da extinção e outras já estão extintas. Alguns Mutuns precisaram de intervenção de biólogos e pesquisadores para promoverem o acasalamento em cativeiro, e assim, aumentarem o número de indivíduos da espécies que foram posteriormentes devolvidas para a natureza.

Mutum de Bico Laranja
Mutum de Bico Laranja

Porém, algumas espécies continuam correndo risco de entrarem em extinção devido às más ações humanas. Dessa forma, é fundamental não praticar atos ilegais que prejudiquem o meio ambiente. E não contribuir com o aprisionamento nem comércio ilegal de aves para manter nossa rica fauna.

Atualmente existem espécies de Mutuns do gênero Crax que são reconhecidas pelos pesquisadores. E espécies do gênero Mitu ou Pauxi. Apesar de muitas pessoas ainda referirem-se ao gênero Mitu, a denominação correta hoje em dia é Pauxi.

Na Amazônia existem algumas espécies de Mutuns. Alguns como o Mutum Pinima são bem difíceis de serem encontrados justamente devido ao pouco número de representantes da espécie. A destruição do habitat natural destas aves é algo muito grave e precisa ser evitado.

Mutum Pinima
Mutum Pinima

Quase todos os Mutuns que ainda existem vivem em regiões da floresta Amazônica. Algumas espécies podem ser encontradas no Brasil, porém, outras vivem em outros países. O Mutum-de-bico-azul ou Crax Alberti, por exemplo, é endêmico da Colômbia.

Vamos conhecer mais sobre este pássaro tão interessante?  Aqui você encontrará as informações sobre as características físicas, comportamentais e alimentação. Além disso, saberá também sobre a reprodução destas aves. Não deixe de conhecê-la!

Características Físicas

O Mutum da Amazônia é uma ave bastante bonita com tamanho grande quando comparado com outras espécies de pássaros. As aves da família Cracidae podem chegar a 92 cm e pesar até 4800 gramas.

O corpo do Mutum da Amazônia é levemente arredondado e oval. É bem maior do que sua cabeça que é pequena e possui um penacho. Seu pescoço é longo e seu bico é recurvado. O bico possui uma membrana com cor bastante vibrante e vistosa.

Mutum da Amazônia Características
Mutum da Amazônia Características

Suas penas são negras, mas a  região do ventre e a ponta das penas da cauda pode ter tons castanhos. A cauda é longa e ele também tem asas grandes e fortes. Pode apresentar linhas brancas.

As pernas e pés do Mutum da Amazônia são avermelhados, alaranjados e amarelados. Ele possui pés com garras que auxiliam no equilíbrio e na locomoção. Com os dedos compridos que os auxiliam a empoleirar-se até mesmo nos galhos mais finos.

Há dimorfismo sexual nos Mutuns. As fêmeas são menores de tamanho e menos pesadas do que os machos. Também existem outras diferenças em relação à aparência física que variam bastante.

Características Comportamentais

Agora vamos conhecer um pouco mais sobre o Mutum da Amazônia?  Aqui abordaremos as características comportamentais desta ave que vive solitária ou em casal, ficando em bandos apenas na estação seca.

A capacidade de vôo do Mutum da Amazônia é reduzida, mas ele possui hábitos arborícolas, assim como outros Galliformes. Quando voam de uma árvore para outra suas penas assimétricas fazem um barulho chamado pelos pesquisadores de riscar ou rasgar de asas.

Mutum de Penacho
Mutum de Penacho

Eles são dispersores de sementes e auxiliam bastante na manutenção e regeneração de florestas. Apesar de ser uma espécie mais terrícola, as aves desta espécie ainda assim contribuem com a dispersão de sementes no solo.

Estas aves acabam sendo parte da alimentação de muitas comunidades indígenas e tradicionais. Funcionando como fonte de proteína para estes grupos carnívoros. Porém, este fato acaba prejudicando a conservação da espécie sendo uma das causas do risco de extinção. Além disso, a caça e desmatamento ilegal também prejudicam esta ave.

Os Mutuns machos possuem uma vocalização, como um zumbido de baixa frequência, que é sua canção territorial.

Alimentação do Mutum da Amazônia

A maior parte da alimentação do Mutum da Amazônia acontece no solo. Ele se alimenta principalmente de frutos, folhas, brotos e sementes. Mas também alimentam-se eventualmente de pequenos invertebrados.

Costumam buscar alimentos caídos no solo, perto de árvores frutíferas. Dependem bastante de outros animais que acabam derrubando frutas e folhas, como algumas espécies de macacos, por exemplo.

Reprodução do Mutum da Amazônia

O macho e a fêmea costumam construir seus ninhos no topo das árvores. Eles são monogâmicos e participam da alimentação e desenvolvimento de seus filhotes.

O período de incubação dos ovos é de 27 a 32 dias. A fêmea tem de dois a quatro ovos, e eles possuem coloração branca. Os filhotes de Mutum da Amazônia já nascem bastante desenvolvidos, com os olhos abertos e plumagem críptica. A plumagem críptica é muito importante, pois apresenta coloração de camuflagem que protege-os dos predadores.

Nas espécies com plumagem críptica a coloração se confunde com o ambiente em que vive, funcionando então como uma camuflagem. Ela é fundamental, principalmente nos filhotes recém-nascidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *