Home / Informações / Quem São Os Mamíferos Placentários?

Quem São Os Mamíferos Placentários?

Os mamíferos são animais que possuem glândulas mamárias e apresentam pelos no corpo. A quantidade de glândulas mamárias de cada espécie está associada diretamente com a quantidade de filhotes.

As glândulas mamárias são produtoras de leite, que é um alimento fundamental para o desenvolvimento dos filhotes recém-nascidos. O leite é um alimento muito completo para os filhotes. Eles podem sobreviver vários dias apenas tomando leite.

No reino animal, existem diversas formas de reprodução e desenvolvimento embrionário. Mais precisamente dentro do grupo dos animais mamíferos, como nós, seres humanos, há três subclasses.

Os mamíferos são classificados em três subclasses os monotremados, os placentários e os marsupiais. Os monotremados são mamíferos primitivos que ainda colocam ovos. Seu desenvolvimento embrionário acontece dentro dos ovos.

A subclasse mais conhecida é a dos placentários. Os seres humanos pertencem à esta subclasse. Os mamíferos placentários são aqueles em que o desenvolvimento embrionário acontece dentro do útero, na placenta dentro do corpo da mãe.

Os mamíferos marsupiais são aqueles em que o desenvolvimento embrionário acontece uma parte dentro da mãe e outra parte dentro do marsúpio. Marsúpio é a bolsa da mãe que fica localizada no abdômen cobrindo os mamilos.

Hoje aprenderemos sobre os mamíferos placentários. Explicaremos como acontece sua reprodução, as principais diferenças em relação às outras subclasses, como ocorre o desenvolvimento embrionário e quem são os mamíferos placentários.

Principais Diferenças Entre As Subclasses De Mamíferos

A subclasse dos mamíferos monotremados é considerada a mais primitiva, pois dependendo da espécie, possui características de répteis e aves. Estas características ficam evidentes principalmente pela aparência física, pois os monotremados têm bicos, e também, pelas fêmeas serem ovíparas.

É o caso do ornitorrinco, mamífero monotremado muito peculiar. Ele possui bico que lembra os bicos de patos, pés em formato de nadadeiras e as fêmeas colocam ovos.

O ornitorrinco pertence à subclasse Prototheria. Os ovos são incubados dentro do corpo da mãe, passam um período lá dentro e depois são ejetados. No período de incubação a nutrição ocorre através do saco vitelino.

Diferente dos outros mamíferos os monotremados não possuem mamilos. As mães utilizam suas glândulas mamárias para derramarem o leite pelo corpo, e é assim que alimentam seus filhotes.

Os mamíferos marsupiais, pertencem à subclasse Metatheria, possuem mamilos, assim como os mamíferos placentários. Porém, os filhotes são nutridos com o leite da mãe por vários meses dentro do marsúpio. É assim que os filhotes se desenvolvem.

Subclasses De Mamíferos
Subclasses De Mamíferos

Na subclasse Eutheria estão os mamíferos placentários. Eles possuem mamilos e apesar de alimentarem seus filhotes com leite materno no período posterior ao período de incubação, diferente dos marsupiais, todo o desenvolvimento embrionário acontece dentro do útero, na placenta.

Gestação Dos Mamíferos Placentários

Os animais mamíferos placentários são aqueles em que o embrião cresce dentro do corpo da mãe, no útero. Recebem nutrição através da placenta, é ela que liga o corpo da mãe com o do embrião.

Diferente dos animais ovíparos em que o desenvolvimento embrionário é chamado de incubação, os animais vivíparos, como os placentários têm o processo de crescimento embrionário chamado de gestação.

A gestação dos mamíferos placentários tem uma duração que varia de acordo com a espécie. A fêmea gestante é chamada de grávida ou diz-se que ela está prenhe. As ninhadas são menores do que a de outros animais mamíferos, isto ocorre por causa do desenvolvimento embrionário placentário.

Nos seres humanos, a gestação ocorre em um período de 9 meses. Há algumas variações, mas o período ideal de gestação é este. Posteriormente, o bebê mama por aproximadamente 6 meses, assim vai concluindo a fase inicial de seu desenvolvimento.

Como Ocorre o Desenvolvimento Embrionário

Os mamíferos placentários constituem a maioria das espécies de animais mamíferos. O desenvolvimento do feto ocorre totalmente dentro do útero. É no útero e na placenta que ele receberá todos os nutrientes necessários para seu desenvolvimento embrionário.

Dentro do útero da fêmea ocorrem as trocas gasosas e através da placenta o embrião elimina suas excretas. Por este motivo, o período de gestação dos mamíferos placentários é maior do que o das outras subclasses de mamíferos, pois todo o desenvolvimento embrionário ocorre dentro do útero da mãe.

A placenta é um anexo embrionário, ela é muito importante. Sua função é nutrir o embrião através da oxigenação, a placenta também é responsável pela remoção de excretos.

Em nós, seres humanos, a placenta fornece alguns hormônios fundamentais. Ela transfere nutrientes do sangue da mãe para o bebê. Além disso, a placenta funciona como uma protetora do embrião, pois ela absorve os impactos que a barriga da mãe pode sofrer neste período tão delicado.

Conhecendo Os Animais Mamíferos Placentários

Como já vimos anteriormente, nós seres humanos pertencemos ao grupo dos animais mamíferos placentários. Mas quais são os outros animais que pertencem à esta subclasse?  Vamos conhecê-los agora!

Há muitos mamíferos placentários que foram domesticados pelo ser humano. Eles dependem da nossa criação e muitos deles nos fornecem alimento. Como carne, leite e derivados do leite, e até mesmo outros produtos como couro e lã.

Existem animais placentários que foram domesticados e acabam servindo como animais de carga. Mas os mais comuns são os pets, animais domesticados para fazerem companhia para os seres humanos.

O primeiro animal a ser domesticado foi o cachorro. Na sequência outros animais foram sendo domesticados como o carneiro, a cabra, o gado bovino, a vaca, o porco e o gato. E todos estes animais são mamíferos placentários.

O cão foi domesticado há aproximadamente 100 mil anos atrás. Desde todo este tempo o ser humano vem realizando cruzamentos selecionados com a finalidade de produzir uma enorme diversidade de  cães.

A reprodução dos cães acontece duas vezes por ano. Na época reprodutiva os cães machos e as fêmeas criam um interesse temporário que conhecemos como cio. O cio acontece em outros animais mamíferos placentários, como nas gatas, éguas, vacas, ratas e leoas, porém, não ocorre nas mulheres.

Durante o período de cio, as fêmeas ficam férteis com óvulos maduros para serem fertilizados.  Dessa forma, o macho com o seu olfato extremamente aguçado, consegue encontrar a fêmea, mesmo que ela esteja há quilômetros de distância.

Todos os mamíferos placentários que fazem a fecundação internamente, reproduzem-se através de relação sexual, em que o macho transfere seu sêmen para dentro do corpo da fêmea.

Após a fecundação, ocorre o período de gestação, na sequência o nascimento, e assim, os animais mamíferos placentários continuam perpetuando-se no planeta Terra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *