Home / Informações / Raças De Poodle Grandes e Pequenas

Raças De Poodle Grandes e Pequenas

O poodle certamente é uma das raças de cachorro que ganhou mais popularidade entre os tutores de cachorros, comumente vistos nas casas de vizinhos ou conhecidos.

Seu reconhecimento e identificação é fácil, com seus pelos médios, enrolados, encaracolados ou ainda cacheados na cor mais conhecida, a branca, menos comuns, mas também pertencentes a raça estão as cores de pelo marrom e preta.

Para os leigos de plantão, existe somente um tipo de poodle, não somente com uma cor de pelagem mas com um único porte também, mas o que pode ser novidade para muitos é que eles existem em diversos portes, mudando de padrões e características conforme as mesmas.

Um pouco Sobre A História Da Sua Raça

Antigamente os poodles maiores, que foram criados através de mutação genética humana para a atividade de caça a animais aquáticos eram habitualmente tosados para que seus pelos tivessem menos atrito com a água e desta forma para que sua performance alcançasse os melhores resultados possíveis, com o tempo estas tosas foram ganhando formas, até mesmo nomeações, ou seja, se tornaram tosas específicas da raça e muitos tutores mantém o hábito de os tosarem de forma comum ou excêntrica até os dias atuais.

Assim como o maior porte de poodle foi idealizado em sua criação por mutação genética humana, os menores também foram, no caso deles, o resultado a ser atingido era um cão companheiro com uma expectativa de vida maior que o comum para a época, o que foi conseguido.

Poodle
Poodle

Houve um tempo em que os poodles ganharam má fama pelas suas típicas doenças específicas, comum de animais de raças, que consequentemente foram resultado de mutação genética, seja através de intervenção humana ou naturalmente. Doenças estas que são mais raras nos maiores e menos raras nos menores.

Enquanto o primeiro está mais sujeito a adenite sebácea, o segundo está mais propenso a halitose, doenças periodontais, cegueira hereditária e catarata. Apesar deste fator, com o passar dos anos, a má fama foi caindo por terra e os poodles foram ganhando o coração de milhares de pessoas ao redor de todo o mundo.

Por falar nisto, há incertezas com relação a origem da sua raça, apesar de muitos terem a certeza de que seu país de origem é a Alemanha, foi registrado como raça de origem francesa, provavelmente porque uma das raças que foi cruzada para a obtenção do seu resultado, também foi uma de registro de origem francesa, a barbet.

Poodle Toy
Poodle Toy

É considerada uma raça de cachorro antiga, suas primeiras criações tiveram início por volta dos anos mil e setecentos, mas somente muitos anos depois, por meados do século vinte, foram finalmente reconhecidos e classificados como uma nova raça.

Fora as propensões a doenças genéticas padrão de cada porte, os poodles também se diferenciam em sua personalidade além de seu físico. Enquanto os maiores contraditoriamente até são considerados mais dóceis, os menores são menos, e o primeiro é mais esperto para a aprendizagem no seu adestramento, enquanto o segundo te mais dificuldades.

Raças de Poodle: Portes Diferentes, Características Iguais

Mas independente do seu porte, têm suas características específicas da raça, como sua incrível inteligência, curiosamente é considerada a segunda raça de cachorro mais inteligente do mundo, atrás somente da também famosa raça, border collie.

São ótimos cães companheiros, sejam os maiores para quem mora em espaços maiores ou os menores para vice-versa. São sociáveis, amigáveis e brincalhões com outros animais, tanto com crianças, com conhecidos ou desconhecidos, ou seja, com ele você não teria problemas por ter criança ou outros animais em casa, muito pelo contrário.

Poodle Grande
Poodle Grande

Também são leais e fiéis, tanto que podem chegar a se apegarem a um tutor específico e serem ciumentos.

Enfim, uma característica que definiria a sua raça em geral seria, docilidade, não a toa conquistou um espaço tão grande na casa e nos corações de tantas pessoas.

Raças de Poodle: Portes Diferentes, Características Também

Características gerais a parte, vamos falar especificamente sobre cada um dos seus portes existentes com toda a sua peculiaridade.

O maior deles também é nomeado como standart, suas medidas diversificam de quarenta e cinco a sessenta centímetros de comprimento. Outra classificação é de porte médio, variando de trinta e cinco a quarenta e cinco centímetros de comprimento. O terceiro porte é nomeado como miniatura ou anão, medindo de vinte e oito a trinta e oito centímetros de comprimento. Por último, temos o toy, que mede cerca de vinte e quatro a vinte e oito centímetros de comprimento, são considerados cães muito frágeis e sensíveis, o que os faz requerer muito cuidado com relação ao seu porte super pequeno, especialmente quando são ainda filhotes e consequentemente esta característica é mais presente.

Importante dizer que pelos ideais de procura que alguns clientes deste último porte de poodle buscam, alguns criadores vendem a ideia do micro ou mini toy, sendo respectivamente menores que os toy em si, o que na verdade não existe, só existe um tipo de toy e já é o menor entre eles.

Cuidados Específicos Da Raça em Geral

Geralmente raças de gatos ou cachorros requerem cuidados especiais de acordo com as suas necessidades, no caso dos poodles, por serem peludinhos com os mesmos volumosos e encaracolados, por si só já formam bolas de pelos e nós, que em um caso mais grave, podem ser engolidos e provocarem falta de ar e intestino preso, neste caso uma boa escovação dia sim e dia não resolve para que nenhuma medida seja tomada tarde demais.

Poodle Pequeno
Poodle Pequeno

Outra problemática muito comum e característica da raça independente do porte é a sua adenite sebácea, o que os causam muita produção de remela nos olhos, neste caso uma limpeza e higienização diária é o ideal com lenços úmidos ou algodão com soro fisiológico, ou até mesmo umedecido somente com água para que não prejudique o bem estar ou diretamente a visão do animal, apesar do cuidado, manchas mais escuras, especialmente nos poodles de pelagem mais clara serão comuns nestas regiões do animal. Pelo mesmo motivo, podem produzir muita cera, o que pode ser adaptado também com a mesma solução, neste caso só mudaria o produto a ser usado, que seria o cotonete ou algodão, de forma superficial, em volta do ouvido, sem cutucar muito a fundo, evitando que o mesmo seja tampado ou infeccionado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *