Home / Informações / Tudo Sobre Ratos

Tudo Sobre Ratos

O rato certamente quase se iguala a barata em questão de despertar sentimentos ruins na maioria das pessoas. Há quem chegue a sentir até certa fobia, com pitadas de medo, nojo, chegando a repulsa deste pequeno animal. Por outro lado, mas claro que na minoria neste caso, há pessoas que os acham fofos e inofensivos e até há aqueles que chegam ao ponto de o domesticar, isso mesmo, domesticar. Transformando-o em meros animais de estimação.

Tudo Sobre Ratos
Tudo Sobre Ratos

Imagine só ter um ratinho, e não estamos falando de um hamster não. Estamos falando de um ratinho mesmo ao invés do seu coelho, gato ou cachorro. Provavelmente este pensamento não chega nem perto de passar pela sua cabeça

Vale frisar para todos os efeitos, que comparar um rato a uma barata –como fizemos no início- não é assim tão injusto e nós vamos explicar.

Ratos São Animais Furtivos

Os ratos são encontrados vivendo de forma selvagem na natureza e quando adentram uma casa ou recinto (dificilmente conheceremos alguém que nunca recebeu a surpresa visita deste bichano em algum lugar), estão a procura de alimento e são animais furtivos, ou seja, só querem o encontrar e passar despercebidos. Para isso tudo é planejado com muita habilidade pelo bichano anti social com relação a presença humana.

Vivendo de forma selvagem na natureza constroem engenhosas tocas, com túneis e rotas de fuga, não a toa quando aparecem em algum local residencial fora da natureza, é pelo ralo ou cano aberto, neste caso fechar estes locais é o ideal.

Esta construção é especialmente forjada pelas ratazanas, em esgotos e córregos. Se você leu esta informação e se lembrou do Mal e do Godofredo, personagens do  Castelo Rá-Tim-Bum, que apareciam caminhando por um túnel, saiba que você não foi o único.

Ratos
Ratos

Sobre a sua alimentação, são animais onívoros, assim sendo, se alimentam de frutas, legumes, verduras, insetos, carnes, ovos, grãos, sementes e cereais. Por este motivo, quando adentram um local, a despensa ou um local que tenha fácil acesso a comida é ideal para ele. Concomitantemente pelo mesmo motivo, são considerados pragas em plantações.

Sua visão não é tão apurada, mas seu faro e audição compensam esta deficiência. Devido a isso dificilmente um rato cairá em alguma armadilha que envolva venenos com o objetivo de o matar.

Curiosamente também ingerem barro como forma de neutralizar ingestão que possam ser tóxicas, mas se por acaso tenham ingerido alguma toxidade que o barro não dê conta de neutralizar, provavelmente vão chegar a morrer, pois são incapazes de vomitar.

Filhotes de Ratos
Filhotes de Ratos

Por outro lado, na natureza vivendo de forma selvagem mais especificamente no caso do rato do campo ou rato do mato, seus predadores são as águias e falcões, já com relação a todos os outros ratos, seus predadores são os gatos e cachorros, especialmente no caso de ratos domésticos. Não atoa os gatos são conhecidos por levarem até seus tutores suas caças e entre elas estão os mesmos. Também são seus predadores as raposas, corujas, aves de rapina e cobras.

No caso das cobras existem pessoas um tanto exóticas que as criam como animais domésticos, neste caso sua principal alimentação são os ratinhos, vivos, -o que causaria empatia até a quem tem uma certa fobia a eles-, ou mortos e congelados.

Como Ratos Se Reproduzem

São animais que se deram muito bem em relação a adaptação ao mundo, ainda mais por serem muito reprodutivos, além do que são prematuros. Tanto o macho quanto a fêmea atingem a maturidade sexual com cerca de um mês e meio.

É comum fêmeas entrarem no primeiro cio com menos de um mês de vida. Assim como os outros animais, a fêmea tem um período anual reprodutivo, que dura cerca de cinco dias.

Ratos Gigantes
Ratos Gigantes

São animais mamíferos placentários. Quando reproduzem, a fêmea carrega o filhote na placenta por aproximadamente vinte dias. Após o nascimento, a amamentação começa com cerca de um dia. Por reprodução, a fêmea gera de dez a doze filhotes. Curiosamente camundongas podem entrar no cio após algumas horas em convívio com o camundongo macho, a explicação seria os feromônios.

Testes Medicinais Em Ratos

Por serem animais pequenos, de fácil manuseio, além de ter uma personalidade dócil, fácil manutenção, de baixo custo tanto para adquirir quanto para a criação e reprodução e dentre todos os motivos, o principal, por seus genes em seu genoma ser quase homólogos aos seres humanos, são escolhidos para serem usados em laboratórios de pesquisas biológicas e psicológicas medicinais, especialmente voltadas a células tronco e cardiológicas.

Outro motivo para tal, é o direito dos animais, nestes animais fazem testes pouco éticos, mas por serem ratos geram menos movimentos do que geraria como qualquer outro animal, como coelhos, gatos ou cachorros, como por exemplo quando empresas fazem testes de produtos de beleza nos mesmos.

Ratos São Capazes de Trazer Doenças?

Quando disse que racionalmente ratos podem ser comparados a baratas, foi por este tópico, apesar de serem animais com comportamento dócil e inofensivo, podem acabar transmitindo doenças através de suas fezes, como a salmonelose, tifo murinho, escabiose ou leptospirose, ou através de parasitas e hospedeiros, entre eles estão o hantavirus, que pode causar a síndrome pulmonar por hantavirus e a yersinia pests, que pode causar a peste bulbonica.

O Mickey Mouse é um Camundongo

Tanto o camundongo, quanto a ratazana e outros ratos são todos roedores. O primeiro é o mais comum, sendo até representado nos famosos desenhos da Disney, com o personagem Mickey Mouse. Também é comum em pesquisas medicinais, em testes em laboratórios e encontrados em invasão de casas, por isto seu nome conhecido popularmente, como rato doméstico. Existem nas cores brancas e marrom acinzentado, caracteristicamente seu rabo é comprido e possui cinco dedos nas patas traseiras e dianteiras.

Mickey Mouse
Mickey Mouse

O segundo a ser citado mais comum é o rato preto, parecido com o camundongo, mas que como o nome sugere, só se encontra na cor preta mesmo, com sua cauda também comprida, corpo mais redondo, focinho e orelhas mais longas e patas menores e apenas com quatro dedos comparados ao primeiro novamente.

E por último, a ratazana, certamente a mais conhecida e comum popularmente, um tanto maior que os dois primeiros, com sua pelagem acinzentada, orelhas curtas, patas pequenas e focinho comprido, desta espécie de rato surgiu algumas raças de ratos de estimação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *